Saúde e bem-estar: mude seus hábitos e saia do sedentarismo

O sedentarismo é uma grande ameaça a nossa saúde. De acordo com uma pesquisa realizada na Austrália, a falta de exercícios físicos é responsável por doenças como a osteoporose, diabetes e hipertensão, além de reduzir drasticamente a expectativa de vida dos seres humanos.

Essa mesma pesquisa avaliou cerca de 200.000 pessoas acima de 45 anos e concluiu que essas têm muito mais chances de morrer em um período de 3 anos do que os indivíduos praticantes de alguma atividade física.

Mesmo sabendo de todos problemas que o sedentarismo traz a saúde, muitas pessoas ainda têm dificuldade de realizar uma mudança de hábitos. Isso porque, quando elas começam uma atividade física, estabelecem metas irreais, são muito exigentes consigo mesmas, ou então escolhem algum exercício físico com o qual não se identificam. O resultado disso é o abandono dos exercícios e, consequentemente, a volta ao sedentarismo.

Diante desse problema, fizemos uma seleção de 5 dicas simples para você modificar os seus hábitos e abandonar o sedentarismo de uma vez por todas. Após a leitura deste texto, você saberá o que é preciso para não abandonar os exercícios físicos e nem traçar metas surreais. Vamos lá?

1. Realize uma avaliação física

Antes de iniciar qualquer atividade física, você deve procurar um médico. Quem não está acostumado a fazer exercícios, não pode realizar uma atividade física de grande intensidade. A prática esportiva sem uma consulta prévia ao médico pode causar lesões musculares ou problemas cardíacos.

Durante a consulta, o médico informará a sua capacidade cardiorrespiratória, força muscular e flexibilidade. Dessa forma, você saberá a quantidade de esforço que você poderá fazer no início da prática de exercícios.

2. Trace metas alcançáveis

Quando começamos uma atividade física, é importante que tenhamos objetivos bem definidos para que não abandonemos os exercícios. Contudo, tais metas devem ser realistas. Não adianta querer perder 12 quilos em 3 meses porque não conseguirá. Consequentemente, você ficará frustrado e desistirá da pratica de exercícios.

Procure estabelecer metas a curto (1 a 3 meses), médio (4 a 6 meses) e longo (6 a 1 ano) prazo. Assim, você mensurar os seus resultados e observar seus progressos de forma bem clara. Para perda de peso, os especialistas afirmam que a meta do sedentário que começou a se exercitar é perder um quilo a cada dois meses.

3. Escolha exercícios que você gosta

Muitas pessoas associam a prática de exercícios físicos com fazer musculação, andar ou correr na esteira, ou pedalar na bicicleta ergométrica. Desse modo, quando se matriculam em uma academia, abandonam os exercícios porque não se identificam com as atividades que está realizando.

Qualquer atividade física deve trazer bem-estar físico e mental, e não ser um sofrimento. Por isso, recomendamos que você experimente diversos tipos de exercícios a fim de descobrir qual deles te agrada mais. Você pode experimentar atividades como natação, yoga, pilates ou dança. Se você quiser pode combinar essas atividades com corrida ou a prática de algum esporte coletivo (futebol, vôlei, rugby, etc.)

4. Compre os itens adequados para a prática de cada exercício

Ao começar a fazer exercícios, muitos se esquecem da importância da compra de roupas e calçados adequados para a prática de atividade física. O uso de roupas inadequadas pode causar desconforto e falta de liberdade nos movimentos. Já o uso de calçados inapropriados pode ocasionar problemas na coluna ou nas articulações.

Atualmente, existe uma grande facilidade para comprar roupas, tênis, toucas de natação e outros acessórios para a prática de exercícios. Em alguns casos, você nem precisa sair de casa para comprar tais itens. Lojas online como a Netshoes e a Centauro oferecem roupas e calçados esportivos em diversas faixas de preço. Caso você faça uso de suplementos alimentares por recomendação médica, também é possível comprar tais produtos pelo ambiente online.

5. Não deixe que os imprevistos te atrapalhem

Normalmente, as pessoas estabelecem 2 ou 3 dias da semana para praticar exercícios físicos. Todavia, problemas no trabalho, ou em casa, podem nos impedir de cumprir tal cronograma. Todos nós temos imprevistos, porém não podemos usá-los como desculpa para justificar a preguiça de fazer exercícios.

Se o seu compromisso for inadiável, retome, na semana seguinte, as atividades físicas com força total. Regularidade é fundamental para que os resultados dos exercícios apareçam.

Agora que você já sabe o que é preciso para sair do sedentarismo, basta escolher o exercício físico com o qual você se identifica e, consequentemente, os acessórios adequados para a prática da atividade física desejada.

Você teve já tentou sair do sedentarismo e não conseguiu? Então compartilhe a sua experiência na nossa seção de comentários!

Saúde e bem-estar: mude seus hábitos e saia do sedentarismo

2 pensou em “Saúde e bem-estar: mude seus hábitos e saia do sedentarismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Rolar para o topo